Palavras ao vento

segunda-feira, 7 de abril de 2014

Sobre relacionamentos.


Muitas vezes imaginamos o quão é fácil sustentar um relacionamento. Errado! É muito mais complexo e afanoso do que idealizamos. Seja de amizade ou afetivo. As pessoas hoje se frustram com os relacionamentos, pois esperam que as pessoas haja e seja da maneira que elas gostariam que fossem. Mas cada um é um. Temos nossas limitações, nossos defeitos, nossos medos. Trazemos conosco a bagagem de nossa criação. Somos nativos de um temperamento só nosso. E não há como cobrar do outro a moldura perfeita de nós mesmos. Lidar com a diferença do outro, é um processo que requer resignação e entrosamento. É um desafio, que deve ser regado e cultivado todos os dias. Ninguém é massinha de modelar para se afeiçoar ao outro. E sim a junção de complementos para somar e completar. Amando pelo o que elas são com suas falhas e tudo mais. Amar incondicionalmente dá trabalho. Exige disposição e paciência. Leva tempo, jeito, encaixe. Não dá pra viver com o orgulho na ponta da língua, não dá para equilibrar se quando algo dá errado o outro recebe o peso da culpa. Não adianta. Ceder e consertar faz parte do amor. Edificam, nos amadurecem e nos fazem investir no cultivar. É preciso abrir espaço, respeitar quem o outro é. Não adianta forçar, obrigar. Não existe perfeição. Não existe amor comprado pronto. Existe vontade de fazer valer quem de alguma forma desperta o melhor que podemos ser.

 (desconheço a autoria)

2 comentários:

Bell disse...

oi Ta

Relacionamentos não são fáceis, exigem dedicação e cuidados diários.

bjokas =)

Malu Silva disse...

Talita,

Passando para dizer que mudei definitivamente de espaço e se desejar me visitar me encontrará em

www.euflordealfazema.com
Um abraço

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...