Palavras ao vento

quinta-feira, 27 de março de 2014

Reflexão



Como é fácil olhar para outra pessoa e detectar todas as imperfeições que ela tem. Como é fácil, inclusive, ser leviano e usar essas imperfeições contra ela. Difícil mesmo é se colocar no lugar do próximo. Difícil mesmo é fingir ser quem não é apenas para ser aceito, querido, amado. Já parou pra pensar que o outro, de tanto ser criticado, pode acabar mudando sua essência SÓ para agradar o resto da humanidade? Já parou para analisar que uma palavra fora do tom pode causar um rebuliço interno em quem ouviu? Temos uma responsabilidade muito grande ao lidar com as pessoas. Temos que aceitá-las como são.


E agora te pergunto: nós nos aceitamos como somos? Temos que ser bons em tudo. Nos olhamos no espelho e tentamos a todo custo encobrir nossas falhas. Queremos ser lindos, inteligentes, poderosos. Para quê? Para quem? Para receber aplausos, flores, elogios. Para nosso ego sorrir. Muitas vezes carregamos uma série de culpas de todos os números e cores, que pesam os ombros ao final de cada dia. Junto com elas, vem aquele e se. E se eu tivesse feito, e se não tivesse desistido, e se não tivesse dito. E se você parasse agora de se criticar, cobrar e não perdoar? E se você e eu aceitássemos de uma vez por todas as nossas imperfeições? Tenho certeza que o mundo ficaria mais leve.

2 comentários:

Bell disse...

oi Tata

Eu acredito que a gente quer que as outras pessoas pensem como nós e ajam como nós. E não é assim... cada um é um ser único.
O ser humano esta intolerante acaba não aceitando isso por essa razão o mundo parece desgovernado. Ninguém sabe o que quer, cada um está caminhando para um lado.

Gosto muito dos textos reflexivos da Clarissa, falam da realidade, e as experiências que todos nós passamos na vida.

tenha um fds abençoado =)

Gabriela Furtado disse...

Só sabe quem passa pela situação, só sabe o quão difícil ser de certa forma, quem o é!
Mas julgar é mais fácil que compreender ou, ao menos respeitar .

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...