Palavras ao vento

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Transparência


Talvez eu nunca tenha sentido as coisas assim, tão genuinamente: a raiva, o amor, a alegria, a tristeza, a ansiedade, o afeto. As minhas emoções têm emergido sem qualquer filtro, sem qualquer disfarce. E pela primeira vez eu me permito ficar com elas dando a cada uma a importância que me pedem, porque elas não me governam, são apenas emoções, são a minha transparência.

6 comentários:

Pelos caminhos da vida. disse...

Uma boa semana para vc Talita.

beijooo.

Thammy Kherullyn disse...

A gente amadurece, e semeia o que planta, também.

Luna Sanchez disse...

O sentir transborda. Eu vejo como bom sinal, Talita. Mergulhos profundos são sempre proveitosos.

;)

Um beijo.

disse...

são nossa essencia... e tem que valorizar sim...
beijosss e bom restinho de semana!

Yohana Sanfer disse...

Vim matar as saudades e avisar: tem promoção no meu blog pra todos que seguem e me dedicam carinho neste 1 ano! Claro que meus memigos, maiores incentivadores da criação do blog, não podem ficar de fora! Aguardo vc lá! bjs =)

Angella Reis disse...

Nada como a aceitação é uma forma de paz. Adorei as linhas. ótimo domingo para você. Bjs

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...