Palavras ao vento

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Quero ser...


Já não quero ser grande, forte, inatingível.
quero ser, por hora, de um tamanho que
eu ainda me reconheça, que ainda saiba
me encontrar no passado ou um dia no futuro.
Quero ser humana, quero ser carne e osso,
quero sentir, quero tocar... quero poder
ser isso que sou na medida qualquer do tempo,
estar sempre pronta a me recompor das tempestades;
Não devo estar tão errada...

Há tanta água no oceano que se deixa evaporar
pelo único prazer de voltar a ser uma gota de chuva.

5 comentários:

DV disse...

Boas, desculpa a invasão.
Parabens pelo Blog, está Fantástico. Estou a Seguir.

Daniela*

Daniel disse...

Talita,

Acho que no fundo sempre seremos assim. Uma gota no oceano. Porque por mais que por alguma razão em alguma fase da vida sejamos estrelas, não perdemos totalmente a essência verdadeira, que é fazer parte de um todo. Uma pequena parte de um todo muito grande.

Daniel

Bell disse...

oiii Ta

bjoka grande.

Thaís Nolasco. disse...

Oiiii Tata!
Lindo, lindo, simplesmente lindo! *-*
"Há tanta água no oceano que se deixa evaporar
pelo único prazer de voltar a ser uma gota de chuva."

Gisele Braga disse...

Olá Talita,
Fico muito feliz com sua presença
em meu blog...
Lindo post, eu me vejo
assim, sempre sendo inteira,
sempre sensível a qualquer
emoção!

Beijos meus...
Tenha uma semana
Abençoada!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...