Palavras ao vento

domingo, 7 de novembro de 2010

O amor através da fé e da música

Vamos contar um caso de vida real que aconteceu com Ana, uma mulher temente a Deus. Ana ao saber de sua nova gravidez, ficou muito feliz. Seu marido e seu filho Julio de apenas três anos, também ficaram muito emocionados, afinal a família ia crescer. A gravidez se desenvolveu normalmente. Mas surgiram algumas complicações e o trabalho de parto de Ana demorou muitas horas. Até que, depois de muito tempo, a irmãzinha de Julio nasceu. Só que ela estava muito mal e foi direto para UTI do hospital. Tinha muitos problemas, era muito frágil e sua saúde era muito precária.


Os dias se passavam e a menininha piorava a cada instante. Os médicos diziam aos seus pais que se preparassem para o pior. A saúde da pequena menina ia de mal a pior e Ana e seu marido, começaram a ter medo de perdê-la. Apenas há alguns dias atrás eles estavam arrumando o quarto para esperar pelo novo bebê, e agora viam seu bebê falecer aos poucos. A tristeza invadiu a todos.


Enquanto isso, o pequeno Julio todos os dias pedia aos pais que o levasse para conhecer a irmãzinha. Ele dizia assim: "Eu quero cantar para ela, como sempre cantei, ainda na barriga". A segunda semana de UTI chegou e todos achavam que o bebê não sobreviveria até o final dela.  Julio continuava insistindo com seus pais para que o deixassem cantar para sua irmã, mas crianças não eram permitidas na UTI. Mas Ana decidiu: Ela levaria Julio ao hospital de qualquer jeito. Ele ainda não tinha visto a irmã. Ela levou Julio até a encubadora. Ele olhou para aquela trouxinha de gente que perdia a batalha pela vida. Depois de alguns segundos olhando, ele começou a cantar, com sua voz pequenininha, as cantigas que sempre cantava para ela:

"Você é o meu sol, o meu único sol. Você me deixa feliz mesmo quando o céu está escuro..."
Nesse momento o bebê pareceu reagir. A pulsação começou a baixar e se estabilizou. Ana falou para Julio continuar cantando. Enquanto Julio cantava, a respiração difícil do bebê foi se tornando suave. Ana emocionada pediu ao seu filho ..
"Continue, querido!" o menino cantava. Até a enfermeira começou a chorar.
Julio ia todos os dias cantar para a irmã. Na semana seguinte, o que o pequeno Julio já esperava e sabia, aconteceu: Deus fez um milagre! 

A irmã de Julio se recuperou e em poucos dias foi para casa. O caso ficou conhecido como O milagre da canção de um irmão. Mas Ana, cristã legítima e adoradora do Senhor chamou-o de O Milagre do Amor de Deus.
Moral da história: NUNCA ABANDONE AQUELE QUE VOCÊ AMA. O AMOR É INCRIVELMENTE PODEROSO. ELE PODE MUDAR TODAS AS COISAS. ELE PODE FAZER RENASCER AQUELE QUE ESTÁ MORRENDO.

4 comentários:

☆Estrela Santana☆ disse...

Passando p agradecer a visita no meu blog =) e deixar o link da minha loja http://personalblogueira.blogspot.com muito obrigada ótima semana bjs no ♥

DÉYA... disse...

snif snif snif...
me fez chorar viu..
que linda lição de amor..
DEUS realmente é tudo..
um beijo.. pequena..

Eu, Damaris, para mim... disse...

Talita que história maravilhosa!!!
Como é lindo o amor de Deus...Como é lindo o amor de pai, de mãe, de irmãos! É vivificador. Que Deus abençoe ainda mais a Ana e sua linda família!

DÉYA... disse...

oh menina linda tem um selinho pra vc..
rsrrs bjo pega lá..

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...